Join Waitlist We will inform you when the product arrives in stock. Just leave your valid email address below.
Email Quantity We won't share your address with anybody else.

E Se o Nintendo Switch tivesse um acessório para Realidade Virtual? Imagine Zelda do Switch em VR!

Todos parecem estar amando o novo console da Nintendo. Após seu sucesso estrondoso de vendas, e até anúncios de maior fornecimento para os Estados Unidos, o console tem se demonstrado merecedor de toda a hype. Tendo o novo jogo The Legend of Zelda: Breath of the Wild como Ás na Manga, o console finalmente levou as mãos dos jogadores um console portátil que realmente reproduz a sensação de um console de mesa.

Agora você já imaginou jogar esse Zelda em Realidade Virtual? Imagine estar cavalgando pelos campos verdes e golear teus inimigos usando os próprios Joy-Cons do console? Graças ao trabalho de Antoine Beynel, agora podemos dar uma espiada no que seria um acessório de RV para o Nintendo Switch.

Veja a seguir algumas imagens do Mockup:

 

 

 

Fonte: https://www.behance.net/gallery/48253013/NINTENDO-SWITCH-VR

Star Wars em Realidade Virtual. Afinal, quem nunca sonhou em ser um Jedi?

Finalmente poderemos nos juntar aos Jedi e ter nosso próprio Sabre de Luz! 🙂 A Lucasfilm anunciou uma nova experiência disponível no HTC Vive chamada Star Wars: Trials on Tatooine, com a oportunidade de vermos a Millennium Falcon!

Ao longo destes 3 anos, temos visto uma série de experiências de Realidade Virtual sobre Star Wars criados por fãs, e a cada dia, fãs do mundo inteiro ficavam esperançosos para o dia em que a Realidade Virtual fosse grande o suficiente para que empresas grandes como a Lucasfilm fizessem suas próprias experiências de Realidade Virtual definidas dentro de universos incríveis como o Star Wars. Esse dia chegou! 🙂 A Lucasfilm lançou o ILMxLab com o objetivo de reinventar a narrativa através da mídia imersiva. O laboratório tem experimentado uma variedade de plataformas de imersão, e começou a criar experiências curtas dentro de Star Wars e outras franquias para descobrir a melhor forma de utilizar esta nova tecnologia para narrativas.

A sua experiência mais recente, a qual eles chamam de “experiência de realidade virtual cinematográfica”, é Star Wars: Trials on Tatooine, uma experiência curta feita para o HTC Vive que explora mais a interação do que as experiências anteriores da ILMxLab’s.

Trials of Tatooine começa, como você poderia esperar, com o clássico tema de Star Wars e o texto amarelo rolando  que eventualmente desaparece para uma visão distante de um sol sobre o horizonte do planeta Tatooine.

Mais uma vez, no estilo clássico do Star Wars, a Millennium Falcon faz um vôo rasante perto de você durante a aterrissagem. Então você é levado a uma paisagem desértica, habitando o corpo de um Padawan que está em treinamento no planeta. Você pode ver o pôr do sol na sua frente e, nesta mesma direção, a Millenium Falcon aparece.

 

star-wars-trials-of-tatooine-virtual-reality-htc-vive-vr-millenium-falcon-680x383

A espaçonave  se aproxima e se prepara para a aterrissagem bem na sua frente. A aterrissagem é tão perto que parece tocar a sua cabeça. Han Solo (que não foi dublado pelo Harrison Ford, mas por alguém com uma voz bastante convincente) diz que ele tem um pacote para entregar para você, e então a rampa da espaçonave baixa e o R2D2 aparece para te cumprimentar com seus sinais sonoros clássicos. <3

star-wars-trials-of-tatooine-virtual-reality-htc-vive-vr-r2d2-680x383
Nesta hora, Han diz que há uma patrulha de TIE fighter vindo e à esquerda você já consegue ver as naves se aproximando da mesma direção do pôr do sol. O som clássico dos motores gemendo fica mais alto conforme eles se aproximam rapidamente metralhando, acertando vários tiros no Millennium Falcon e vários tiros passam bem perto de onde você está. Estes efeitos foram muito bem feitos e dão uma visão impressionante, com lasers explosivos sendo disparados contra a espaçonave e TIE fighters explodindo em cima da sua cabeça!

 

star-wars-trials-of-tatooine-virtual-reality-htc-vive-vr-tie-fighters-r2d2-680x383

 

Han Solo te pede para olhar ao redor e verificar danos; agora você pode ver um painel solto com fumaça e faíscas do Millennium Falcon. Claro que não é um bom sinal. O painel, ligado a um suporte cilíndrico, desce para mais perto de você, e então você é capaz de agarrá-lo e puxá-lo para baixo até o chão, revelando uma confusão de fios, componentes e botões.

Han Solo te pede para pressionar um botão vermelho, mas que não parece funcionar. Em seguida, um botão verde, mas esse também não funciona. Nesta hora, você começa a ouvir novamente os TIE fighters. Em pânico, Han Solo pede para você pressionar todos os botões do painel, permitindo então que a Millenium Falcon volte a atirar, destruindo o TIE fighters.

Mas, este não é o fim dos problemas. Agora é hora de você enfrentar a Imperial Transport. Ela voa em alta velocidade e deixa um esquadrão de Stormtroopers. R2D2 decide então que este é o momento certo para entregar o seu pacote: um Sabre de Luz.

Com o controle do HTC Vive na mão, você pode pegar o Sabre de Luz e se proteger atrás de uma série de caixas espalhadas entre você e o Stormtroopers. Pressionando o touchpad do Vive você energiza o seu Sabre de Luz com o som icônico do filme, incluindo aquele som quando você balança o Sabre de Luz. Como um Padawan, você não terá tempo de aprender a usar o Sabre de Luz, e com Stormtroopers a sua frente, seu aprendizado virá pela prática!

star-wars-trials-of-tatooine-virtual-reality-htc-vive-vr-lightsaber-680x383

 

Infelizmente, você não ficará perto o suficente para atacar diretamente com seu Sabre de Luz, mas você pode usar ele para refletir os tiros de volta para os inimigos, o que de fato é um desafio. E assim, você defende a Millenium Falcon, deixando Han Solo e Chewy partir para a próxima aventura.

Com apenas 10 minutos de duração, Star Wars: Trials on Tatooine é apenas uma provocação para te deixar com gostinho de quero mais. A ILMxLab disse que experiências assim estão em desenvolvimento e estão sendo usadas para aprender o quê funciona e como contar a narrativa através de mídias imersivas como Realidade Aumentada e Realidade Virtual, mas o grande objetivo da ILMxLab não é só aprender com tais experimentos, mas eventualmente criar algo que  atraia todos os gostos. E eles estão indo na direção certa! 🙂

 

Adaptado de: UploadVR

E a contagem regressiva para a pré-venda do HTC Vive começou!

A contagem regressiva para o lançamento do HTC Vive, headset de realidade virtual da HTC em parceria com a Valve, já começou! Todos os entusiastas estão de olho para quando o relógio marcar meio dia (horário do Brasil), horário que começará a pré-venda em todo o mundo com disponibilidade comercial a partir de abril deste ano!

O kit do HTC Vive será completo, permitindo com que os usuários saltem instantaneamente em um ambiente virtual totalmente imersivo usando dois controles SEM FIO 😀 em uma sala, de quase  5 x 5 metros, com sensores de movimento.

A VRMonkey, desenvolvedora oficial da HTC Vive, teve a oportunidade de conhecer a tecnologia em desenvolvimento e testou o protótipo de desenvolvedor no ano passado. A imersão dada pela sala de imersão é simplesmente impressionante, permitindo com que você ande, pule e agache no mundo virtual! Além disso os controles dão um feedback perfeito da posição das suas mãos, permitindo com que você manipule os objetos do mundo virtual de uma forma muito mais natural, aumentando ainda mais a imersão.

Muita coisa melhorou na versão de consumidor da Vive, além da marca renovada e da maneira como o headset se prende à cabeça, o Vive trouxe features inovadoras! Uma delas é a integração com o telefone, permitindo com que o usuário se mantenha conectado com o mundo real sem sair do mundo virtual, demonstrando a capacidade de combinar as duas realidades. Ao permitir o usuário receber e responder chamadas recebidas ou perdidas, responder mensagens de textos e enviar respostas rápidas e verificar o calendário sem precisar tirar o headset, abre um novo mundo de possibilidades de aplicativos para consumidores e empresas.

O Vive será lançado com o preço de 799 dólares e virá, por um tempo limitado, com três experiências completas de Realidade Virtual:

  • O Tilt Brush (sério, uma das melhores experiências que a VRMonkey testou!) : já imaginou desenhar no ar?
  • O Job Simulator, desenvolvido por Owlchemy Labs: um mundo onde os robôs substituíram todos os trabalhos humanos, experimente o “Job Simulator” para aprender como era “trabalhar”.

  • Fantastic Contraption, desenvolvido por Northway Games em colaboração com a Radial Games: Imagine andar em torno de uma ilha gramada flutuando no céu, construindo uma máquina do tamanho de um cavalo com as suas próprias mãos e, em seguida, vê-la rolar para fora do mundo.

Mas não é apenas jogos, além desses a HTC está trabalhando com desenvovedores para promover a criação de conteúdos que abrange vários setores, incluindo entretenimento, varejo, educação, design, saúde e automotiva que transformará a vida das pessoas.

“Desde o início, a Vive está na vanguarda da Realidade Virtual, quebrando várias barreiras e inovando”, comenta Cher Wang, presidende e CEO da HTC. “Desde o anúncio do Vive no ano passado, temos trabalhado incansavelmente, com a Vive, para disponibilizar a melhor experiência de Realidade Virtual no mercado, ganhando assim vários prêmios e recebendo elogios da crítica da mídia, dos consumidores e da indústria. Com a edição de consumidor somos finalmente capazes de realizar o nosso objetivo, trazendo o Vive para várias casas ao redor do mundo para que as pessoas possam experimentar a imersão da Realidade Virtual em uma maneira que inspire a imaginação e realmente mude o mundo”.

Infelizmente, assim como o Oculus Rift, o Brasil ainda não está incluso na lista oficial dos países que poderão fazer a encomenda do HTC Vive.

Segue a lista dos países e o preço, até agora, divulgada no blog oficial da HTC.

Região Preço
Estados Unidos US $799.00
Austrália US $899.00
Canadá CAD 1149
China CNY 6,888
Taiwan NT$28,288
Japão JPY 111,999
Reino Unido £ 689.00
Nova Zelândia US $949.00
Europa, Bélgica, República Checa, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Islândia, Irlanda, Itália, Holanda, Noruega, Polônia, Espanha, Suécia, Suiça € 899.00

 

Fonte: HTC Vive

Dragon Front: O Magic para Realidade Virtual

A Oculus terá sua própria versão de “Magic: The Gathering”. Porém, diferente das versões digitais destes jogos de cartas, o Dragon Front faz com que você realmente sinta que está jogando um jogo de cartas com pessoas ao redor do mundo.

 

dragon-front-screenshot-1.0

No início desta semana, Palmer Luckey, fundador da Oculus, twittou: “Alguém se lembra do Virtual World arc do Yu-Gi-Oh? Prepare-se para algo ainda melhor!”

Para aqueles que não são familiarizados, Yu-Gi-Oh! narra a história de Yugi Muto, um garoto tímido que ama todos os tipos de jogos. Ele ganha peças fragmentadas de um antigo artefato egípcio, o Enigma do Milênio Millennium Puzzle, por seu avô Solomon Muto. Ao remontar o quebra-cabeça, ele adquire cards que com o passar do tempo descobre que é um jogo. Conforme a história avança, os dois (juntamente com os amigos de Yugi), tentam encontrar o segredo das memórias perdidas do faraó e seu nome com o jogo “Duel Monsters” virar um cenário prevalente no enredo. Os primeiros capítulos apresentam uma variedade de jogos diferentes, mas a partir do arco “Reino dos Duelistas” o foco é deslocado para o Monstros de Duelo. Esse jogo é jogado com um sistema de imagem holográfica criado por Seto Kaiba (após sua primeira partida com Yugi).

O tweet de Luckey alvoroçou a comunidade de Realidade Virtual, que começou então a especular o que o  tweet poderia significar. Será que a Oculus teria licenciado o Yu-Gi-Oh para alguma experiência no Rift? Será que a Oculus estaria desenvolvendo um tipo de jogo que traria as cartas a vida assim como no anime? Ou as cartas não teriam nada a ver e o Luckey estaria novamente somente demonstrando sua paixão por anime?

Hoje estas perguntas foram respondidas. Um anúncio no blog do Oculus anunciou o Dragon Front: um jogo de cartas feito especialmente para o Oculus Rift. 😀

De acordo com o post do blog:

“Nós estamos muito felizes em anunciar o Dragon Front, o primeiro jogo de cartas colecionáveis (CCG) feito para Realidade Virtual. Desenvolvido por High Voltage e produzido pela Oculus Studios, Dragon Front combina fantazia com uma estética dieselpunk para uma experiência única… Em Dragon Front, os jogadores serão colocados uns contra os outros baseados em suas habilidades e assistirão suas unidades ganhar vida no campo de batalha enquanto eles comandam a ação. Há também um sistema de campeões onde cada time pode convocar unidades chefes para lutar e assim transformar a batalha a seu favor”.

O post anuncia também que o Dragon Front conterá 250 personagens, 80 acampamentos diferentes e mais de 100 feitiços.

A High Voltage Software já desenvolveu outros títulos para o Rift. O seu jogo anterior, Damaged Core, é uma experiência de tiro em primeira pessoa, que se passa em um futuro próximo onde a humanidade está a beira da extinção devido a uma revolta de robôs. High Voltage está no mercado de jogos há mais de 20 anos e trabalhou em jogos muito conhecidos como Mortal Combat X e Saints Row IV.

Fonte: UploadVR