Join Waitlist We will inform you when the product arrives in stock. Just leave your valid email address below.
Email Quantity We won't share your address with anybody else.
Destaque, Experiências, Notícias

E se a Realidade Virtual tivesse a capacidade de diminuir a dor das pessoas?

Um hospital de Michigan está demonstrando o potencial terapêutico da Realidade Virtual para ajudar algumas das pessoas mais vulneráveis do mundo: as crianças em hospitais.

Como já mostrado em um vídeo postado aqui no Portal VRMonkey, algumas crianças já haviam experimentado o Oculus em um momento de recreação durante suas estadias no hospital. O vídeo abriu os olhos de muitas pessoas para o potencial da Realidade Virtual em ajudar quanto a intensa isolação e frustração que provavelmente as crianças passam enquanto estão no hospital. Agora, um novo vídeo (mostrado acima) reforça ainda mais o potencial da tecnologia indo além de alguns minutos de distração para uma criança relatando uma mudança significativa na sua percepção de dor durante e depois de usar o HTC Vive. J

J.J. Bouchard é um especialista em crianças e um gerente de mídia digital em Michigan. Ele trabalhou com uma organização chamada GameStart para oferecer às crianças (com a permissão dos pais) a oportunidade experimentar Realidade Virtual. As crianças já experimentaram montanha russa no Rift e agora estão experimentando o HTC Vive, onde eles demonstraram o Tilt Brush e o The Lab.

“A maior parte das experiências demonstradas era o Tilt Brush, as crianças realmente amaram.  Eu amo o Tilt Brush porque qualquer pessoa com qualquer tipo de mobilidade física consegue experimentá-lo. Você pode estar em uma cadeira de rodas, você pode estar deitado” Bouchard disse. “As crianças realmente se sentem em outro mundo.”

Bouchard disse que está dando feedback para a Valve sobre o HTC Vive e como ele poderia ser melhorado. Por exemplo, ele apontou que, embora não seja exatamente difícil, ainda não é fácil e rápido o suficiente para que um enfermeiro ou outro profissional médico treinado possa demonstrar a experiência por conta própria para uma criança.

Ainda é muito cedo (os devices estão sendo lançados para o consumidor há menos de um mês), mas Bouchard diz que ele está apenas na ponta do iceberg e que ainda inúmeras descobertas irão comprovar que a Realidade Virtual é capaz de ajudar, e muito, as pessoas nos hospitais.

Fonte: UploadVR

Notícia AnteriorPróxima Notícia

Comentários